A difícil arte de NÃO amamentar!

23 de dezembro de 2012 11 comentários


Oi queridas mamães!!! Hoje vou contar para vocês a minha maior tristeza desde que sou mãe... Foi não amamentar meu filhote.

Quando estava grávida achei que amamentar fosse fácil, achei que daria tudo certo... comprei cadeira de amamentação, sutian para amamentar, absorvente de seios e sei lá mais quantas coisas comprei para esse momento tão especial... pois queria muito amamentar meu bebê, não só pelos benefícios do leite materno, mas sim pelo afeto entre mãe e filho que gera neste momento.  Não tava nem ligando se os seios iriam cair, se iria doer, se iriam empedrar. Só queria amamentar...

Quando Heitor nasceu, devido meu parto ter sido de cesárea  e programado (não tive contrações), meu leite demorou a descer e além disso meu peito  tinha o bico plano, melhor dizendo não tinha bico (e olha que fiz as massagens durante toda gravidez que meu genecologista mandou!) e com isso ele não consegui amamentar. Não desisti fácil, tentei várias vezes naquele dia, mas quando chegou de noite ele chorou tanto que tivemos que levá-lo para o berçário para as enfermeiras darem o complemento que é o leite Nan. Depois disso tentei mas várias vezes, mas sempre tendo que complementar.

Em casa que foi o maior sofrimento porque ele não pegava de jeito nenhum e chupava uma mamadeira de 30ml  em menos de 30 segundos. Passou fome, pois quando saí do hospital eles orientaram a continuar a complementação de 30 a 40 ml, mas isso não sustentava ele e só depois que a pediatra falou que podia dar mais, o quanto ele queria, sobrando um pouquinho. 

Neste processo fiquei quase doida. Ele chorava e eu chorava com ele. Comprei tudo que me falaram: vários tipos de bico de silicone, bombinha de tirar leite... Primeiro eu tirava só um pouco de leite para fazer o bico para ele chupar, mas mesmo assim ele não quis e tive que tirar o leite na bombinha e dar na mamadeira e pela falta de sucção o leite só foi secando e o pior ainda estava por vir, meu dente sizo inflamou muito, doía tanto que não dava nem para abrir a boca e a única solução que tive, foi tomar antibiótico e anti-inflamatório para fazer a extração e com isso tive que parar de amamentar o pouco que estava dando na mamadeira.

Devido a tudo isso não pude amamentar, me senti muito mal, incapaz, chorei, me sentia culpada de não tentar mais e não ter feito mais aquelas massagens... Conversei com a pediatra e ela me tranquilizou, disse que eu era uma ótima mãe, que muitas mães nem faziam questão de amamentar e só depois disto que minha culpa diminuiu um pouco...

Dica:
Se puder dar um conselho às mamães "Amamente seus filhos, pois isto é um ato de puro amor e as mamães que não puderam com eu não se culpe, pois a gente passa esse amor de outras maneiras, através da mamadeira quem sabe... rsrsrsrsrsr...e seja feliz com seu filho que é o mais importante!!"


Tatty é autora do blog Diário: Mãe de Primeira Viagem





11 comentários:

  • Reflexões de Mamãe disse...

    Sabe, eu imagino a dor das mamães que não conseguem amamentar... principalmente quando vejo tanta luta, tanta culpa...
    Você é uma mãezona! Você lutou! Heitor não vai te amar mais ou menos por isso! Ele te ama o tanto quanto o coraçãozinho dele é capaz de amar... e vai carregar esse amor por toda vida!!
    Um beijo!!!

  • Mamãe Nádia disse...

    Oi queridas, já vou me adiantando e passando aqui pra deixar meu abração de feliz natal!
    Desejo tudo de bom para vocês e suas família, que esse blog continue crescendo e ajudando tantas mamães, como tem ajudado!
    Que nós possamos fortalecer nossa amizade, vou estar mais presente no blog de vocês, pois gosto muito desse cantinho aqui!
    Beijos!!! E um feliz natal!!

    www.mamaenadia.com
    www.asosmamaenadia.com

  • Salua Stankievicz disse...

    Olá querida, mas que luta hein!
    Fiquei emocionada com seu relato, imaginando sua luta e sofrimento para amamentar.

    Amiga eu também tinha o bico plano, fiz a correção usando Concha de preparação de mamilos, pq do contrário meu filho tb não teria bico para mamar.

    Não sinta-se culpada, nunca ví uma mãe fazertanto esforço para dar o seio para o filho assim, você é uma guerreira!

    Parabéns pela garra e obrigada pela participação.

    Beijos e Feliz Natal!

  • Ivna Pinna disse...

    Tatty, houve um tempo que me senti assim, mas depois vi que seria
    errado ter deixado o filhote passar fome mais tempo, depois te mando o link da nossa história!
    Beijão

  • Tatty Nunes disse...

    Obrigada pelo carinho!!! E realmente eu sento todo esse amor, e sinto um amor melhor ainda por ele,rs.
    Bjos!!!

    http://diariomaedeprimeiraviagemtatty.blogspot.com.br/

  • Tatty Nunes disse...

    Obrigada a vocês por essa oportunidade! É prazer enorme estar nesse blog tão maravilhoso e assim quem sabe ajudar outras mamães! Contem sempre comigo!!!
    Bjos a cada uma de vocês!!!

    http://diariomaedeprimeiraviagemtatty.blogspot.com.br/

  • Tatty Nunes disse...

    Demorei um pouco a perceber isso, devido a culpa mas é a mais pura verdade! E muito obrigada pelo carinho!
    Bjão!!!

    http://diariomaedeprimeiraviagemtatty.blogspot.com.br/

  • Tatty Nunes disse...

    Oh querida Salua!! Nossa, eu que fiquei emocionada com as suas palavras, obrigada por tamanho carinho.
    E eu que agradeço, é um prazer!
    Bjos minha querida!

    http://diariomaedeprimeiraviagemtatty.blogspot.com.br/

  • Tatty Nunes disse...

    Verdade Ivna! O importante é a saúde deles e não a nossa vontade, eu também passei por isso. E manda sim vou adorar ler!
    Bjos!

    http://diariomaedeprimeiraviagemtatty.blogspot.com.br/

Postar um comentário

Quando você comenta, também participa do Mamães em Rede! Comente, participe, pergunte. Obrigada!

 

©Copyright 2012 - Todos os Direitos Reservados - Mamães em Rede | Design By Arte Design