Bagunça na rotina, amor em dobro

9 de maio de 2013 7 comentários

Recordando...

Imagem daqui


Não tem jeito, chega o pequeno rebento e  tudo fica fora de lugar.
Bagunçam os horários de dormir da mamãe e papai. Os horários de comer já não são os mesmos e é tudo muito rápido e silencioso pra não acordar o novo morador. No nosso caso, a nova moradora. 
Programações rotineiras na tv ou cinema? Nem pensar. E aquele jantarzinho a dois com uma tábua de frios e cálices de vinho, com direito a namoro depois... Ts ts. Acabou! Descanso e acordar tarde... esqueça!

Pelo menos por uns bons 12 meses (sendo razoável) é bem assim. Salvo quem tem bastante ajuda em casa pra dar uma escapadinha e uma descansada fora de hora. Mãe, pai, sogro, sogra, irmãos, vizinhos. Sobra um pouquinho pra cada um. 

Não foi bem assim conosco. Era eu, Cris (meu marido) e a senhorinha. Não tínhamos (e ainda  não temos), ninguém perto da gente. Nenhum parente sequer. Nenhum amigo intimo para ajudar. Aprendemos tudo sozinhos, entrosando da maneira que pudemos. A primeira fralda e a cura do umbigo foram proezas do papai. Ele é muito cuidadoso e cheio de tato.
Bom... era tudo a três mesmo. Mais ninguém.

Até que nos saímos bem. Não posso reclamar. Se por um lado faltou o acolhimento dos queridos,  por outro  nos aliviamos de visitas inconvenientes e palpiteiras. Essa, sinceramente foi a melhor parte. Ufa! Foi um "treino" tranquilo, sem medo de falhas. Tudo que fizéssemos era aprendizado. E todo erro era perdoado.

A nova moradora deu trabalho, sacudiu seu pai e sua mãe e a rotina da casa. Ela veio para promover mudanças e parece que já sabia disso. Quem falar que com ele foi o contrário, eu tiro o chapéu.

Mas mesmo com algumas ou muitas coisas fora de lugar e a modificação da rotina, posso dizer que atrás disso tudo houve serenidade, paz e muita alegria.
A paz de ver um serzinho tão dependente procurando um peito. A alegria de saber que ali estava nossa filha. Era nossa!
Serenidade de termos sido mãe e pai - Milagre da vida!

Uma benção de Deus que mudou deliciosamente nossa rotina. Que demorou a dormir nas madrugadas pois queria o aconchego do colo.
Que hoje com seus 6 anos e 5 meses (e desde sempre) nos emociona, nos faz orgulhosos de sermos seus pais, nos surpreende a cada dia com seu desenvolvimento, astúcia e amor.
Que quase nos mata de preocupação e nos faz emagrecer quando está com febre.
Que é parte da gente pra toda vida!
Que mesmo hoje, não nos permite sair para um jantar se não a levarmos junta.

Isso me fez recordar algo.

Um dia desses, eu e Cris conversando, lembramos de filmes:

- Tem muito tempo que não assistimos um filme. Precisamos ver algo no cinema.
- Verdade amor, qual filme infantil que está passando no momento?

Claro infantil. Somos 3 enfim.
Filmes de adultos, só alugando. Rimos!

Não trocamos por nada nesse mundo essa bagunça que dura até hoje.
Bagunça essa que nos faz doer o peito de tanto amor...












7 comentários:

  • Genis Borges disse...

    Oi Te... que post mais lindo... aqui é igualzinho amiga... exatamente assim... e apesar de ter a família morando perto, é cada um com os seus compromissos. A única coisa que tive um maior privilégio, foi ter minha mãe comigo no pós parto, me ajudando muuuuuuuuito com JM.
    Ri muito do comentário seu e do marido falando sobre a ida no cinema. Li esta parte em voz alta pras minhas amigas de trabalho aqui da escola.
    Marquinho só assiste os filmes que gosta e que são de adultos, qdo JM está dormindo.
    Grande beijo e obg por compartilhar sua vivência nessa quinta feira.
    Genis

  • Mamães em Rede disse...

    Obrigada amiga Genis.
    Difícil é uma casa que não é igual. Alguns com mais ajuda, outras sem. Algumas ajudas mais eficientes e carinhosas outras totalmente o inverso.

    Que bom que você teve o privilégio da ajuda de sua mãezinha. Deve ter sido realmente muito tranquilo.

    Aqui em casa também assistíamos filmes de adulto com Maria dormindo a tarde. Agora acabou pois ela não dorme mais o soninho da tarde. Agora é esperá-la pra dormir a noite e assistir. Mas morro de saudade de filme no cinema...

    É desse jeito..rs

    Beijos grandes e obrigada pelo comentário...

  • Cristiane Lima disse...

    Amiga, essa é a melhor bagunça do mundo.
    Aqui aconteceu do jeitinho q vc falou: sair a hora q quer, dormir a hora q quer, ter tudo organizando, ter tempo pra estar a dois por aqui muitos momentos a 3.
    Quanto aos filmes consegui dar uma escapada e assistir os Vingadores - isso ano passado kkkkkk sabe-se lá quando dará tempo novamente.
    Mas é tudo de bom, delícia demais cada momento e segundo de bagunça, bjss
    Amo estar aqui com vcs!!

  • Mamães em Rede disse...

    A gente reclama né Cris... as vezes é cansativo, desgastante... Mas é tudo muito bom e gratificante.. pq é filho.. é uma benção ter a oportunidade de ser mãe.. E não tem como escapar dessa bagunça toda..

    Mas existem as fases.. cada vez que crescem e ficam mais independentes, tudo vai melhorando. No banho, na troca de roupa, na alimentação... Mas aí fica a nostalgia de vê-los crescer... Vai entender os sentimentos de mãe? rs

    E olha só... vc conseguiu a proeza de ir ao cinema sozinha.... eu nem isso.. são só 7 anos sem ver um filme com o amor...solitos..rs

    Mas tá ótimo..rs
    Obrigada querida pelo comentário..é sempre um prazer..beijos

  • Deborah Gebran disse...

    Tê, me emocionei ao ler seu post, pois me fez lembrar de como foi quando Marinah chegou...
    Imagine tudo isso, só que com um bb que chegou antes da hora.
    Graças a Deus ela tinha peso bom e não ficou no hospital, mas foram noites inteiras que ficamos acordados para termos a certeza que ela estava respirando...
    Uma delícia ler seu texto!
    Super Beijo

  • Carol Meoli disse...

    Verdade, quando chegam, vem para mudar nossas vidas completamente.
    Mas claro, pra melhor, passa tão rápido, daqui a pouco estarão na faculdade, namorando, casando e saindo de casa.
    Então, temos mesmo é que curtir cada minutos ao lado dessas criaturas divinas que são os filhos!!!

    Beijos

Postar um comentário

Quando você comenta, também participa do Mamães em Rede! Comente, participe, pergunte. Obrigada!

 

©Copyright 2012 - Todos os Direitos Reservados - Mamães em Rede | Design By Arte Design