É de menino ou menina?

3 de julho de 2013 8 comentários

É muito comum ouvirmos essas indagações, alguns pais, preocupados com a questão do gênero, desde pequeninos já ensinam que rosa é para meninas e azul para meninos. Ou então, meninos brincam com bolas e carrinhos e meninas brincam de bonecas. Alguns não aceitam que seu filho pegue uma boneca no colo e finja carinhosamente que está cuidando dela, acham um absurdo!

Mas será que as opções por brinquedos diversos influenciam na sexualidade da criança?

Claro que não!

Em uma matéria do Estadão (leia na íntegra aqui) foi colocado como as escolas e nós educadores devemos nos posicionar para ajudar a derrubar essa "dicotomia entre o que é papel da mulher e o que é papel do homem". A criança pode experimentar diversos papéis pois ao brincar, ela entra num mundo de faz de conta, o chamado "jogo simbólico", no qual ela vai imitar aquilo que vivencia, independente de ser de homem ou mulher.


Imagem retirada daqui
Na escola onde trabalho, temos uma Brinquedoteca onde oferecemos diversos tipos de brinquedos e fantasias, é um lugar de brincadeira livre, sem intervenção do professor. A criança escolhe entre carrinhos, bonecas e fantasias. Ainda de acordo com o texto, "a livre forma de brincar visa a promover uma infância sem os estereótipos de gênero - masculino e feminino -, um dos desafios para construir uma sociedade menos machista."

Imagem retirada daqui
E é exatamente isso que buscamos para nossa sociedade, um mundo mais tolerante, com respeito ao próximo e às diferenças,  isso também pode ser ensinado nas escolas!

8 comentários:

  • Jackeline Graça disse...

    Adorei o post, aqui em casa não tem isso de "menina" e "menino", as mulheres da casa gostam mais de futebol do que os homens, o Davi brinca com o que ele quiser. Inclusive a mamãe prefere o Muay Thai como esporte rsrsrsr Acho que nada disso influencia na sexualidade, os melhores Cheffs são homens, tem muita mulher em corridas de caminhões, e por aí vai. Isso vai da cabeça do adulto, achar que tem brincadeira de menino e de menina.

    Bjusssssssssssssssss e ótimo post.

  • Dani disse...

    Legal a idéia... aqui em casa também, a Mariana tem as bonecas dela que são preferidas, mas brinca com os carrinhos do Gabriel, sempre adorou bolas e o Gabriel adora os carrinhos de boneca da Mari...
    Eu acho ótima essa idéia da forma que você propôs... só abro uma ressalva: essas fotos que você postou são de um comercial da Suécia, se não me engano. Lá, as propagandas de brinquedos infantis são proibidas pelo governo de vincular uma boneca a uma menina e um carrinho a um menino... além disso, no jardim da infância de lá, não se usa "ele" ou "ela", mas um artigo, na língua deles, que serve para ambos... isso para que, depois que cada criança crescer, cada uma vai decidir se quer ser menina ou menino... isso eu sinceramente acho um absurdo. Acho muito normal e saudável que crianças brinquem com qualquer tipo de brinquedos. Meninos cuidem de bonecas, pois no futuro serão pais. Meninas brinquem com carrinhos, pois hoje, toda mulher dirige.
    Super concordo com o modo que fazemos isso aqui no Brasil (pelo menos a maior parte dos pais e das escolas), deixando as crianças livres para brincar com o que quiserem, sem interferência. Mas realmente discordo do exagero que essa idéia pode levar, como ocorre nesse país que citei.
    Um beijo, excelente sua postagem e abordagem ao tema!!!

    www.aprendendoasermaehoje.com

  • Meriene Zamprogno disse...

    Eu acredito que as crianças tem que brincar com o que querem, mas eu vejo muito exagero por aí, que querem que os brinquedos parem de usar cor rosa e azul e sinceramente eu não vejo por que, as fábricas estão fazendo seu trabalho que é tentar empurrar o produto, quem decide se o filho pode ou não levar somos nós e o que impede da mãe comprar uma brinquedo só por que é rosa? Parece que fica um machismo disfarçado aí, eu não to nem aí pra cor, se meu filho quiser brincar com o brinquedo sendo ele rosa, azul, verde, boneca, carrinho eu não tenho nenhum problema =)

  • Diário da mãe e da filha disse...

    Eu concordo com tudo e digo ainda mais, as crianças tem que ser livres e ir além do que é de menino e menina. A Ingrid quando pequena tinha um melhor amigo e eles brincavam de tudo que a imaginação permitir, piratas, castelo, ônibus, corrida... Aproveitaram muito bem brincando. E é assim que tem quer ser
    beijos
    Lilia

  • Carlah Ventura disse...

    MUITO BOM!!! EU TAMBÉM PENSO DESTA MANEIRA.
    AFINAL AS CRIANÇAS SÃO TÃO PURAS QUE PARA ELAS NÃO HÁ DIFERENÇA ENTRE BRINCAS COM UM CARRINHO OU UMA BONECA.
    ADOREI O POST.

    http://minhavidaintensa.blogspot.com.br/

  • Gleysa Lopes disse...

    Ótimo texto!!!
    Nos mamaes compreendemos isso!!! Mas a maioria dos papais nao pensam assim!
    Meu marido por exemplo e so Heitor colocar meu sapato ja fala tira isso e da mamãe e feio e de menina!!! Rs eu ja conversei com ele mas o machismo esta empreguinado!
    Meu cunhado nao deixa minha cunhada comprar nada vermelho ou rosa pro meu sobrinho!!!

    Bjs
    Gleysa

  • Carol Meoli disse...

    Muito bom!!!
    Lá em casa não tem essa, não.
    A Babi adooooora uma bola, é viciada naquelas de máquininha. Ama demais!!!
    Gosta de coisas que seriam para menino. Agora ganhou um skate (onde já se viu dar um skate para uma guria de 2 anos? Affe). Mas o marido já deu um jeito e travou as rodas, para ser agora só um banquinho para ela sentar!

    Beijos

  • Genis Borges disse...

    Um dia JM estava brincando com uma boneca na casa da prima, meu irmão qdo viu, gritou: "Ei JM, isso é brinquedo de menina!" e tomou a boneca da mão de JM.
    JM ficou mega triste e disse que gosta de boneca e que tava cuidando do neném.
    Eu conversei com meu irmão, disse que não me importo que JM demonstre carinho com as bonecas, mas ele não concordou...rsrs
    Aff...
    Resumindo... JM voltou a brincar com a boneca, o carrinho e outros brinquedos que estavam por lá, pq eu estava lá.

    Bjus, Genis

Postar um comentário

Quando você comenta, também participa do Mamães em Rede! Comente, participe, pergunte. Obrigada!

 

©Copyright 2012 - Todos os Direitos Reservados - Mamães em Rede | Design By Arte Design