As cantigas infantis e o desejo oculto de punir

8 de dezembro de 2013 17 comentários
Por Dorian Marques


Essa analogia não é nova, talvez se encontre milhares por aí, todavia sei de sua preguiça e não pude deixar de escrever sobre a sinistra vontade de punir que habita lá no subconsciente do ser humano e até, pasmem, dos pais.

Sem mais delongas, seguem as inocentes cantigas:

A borboletinha

Borboletinha "ta" na cozinha fazendo chocolate para madrinha
Exploração de menores, De acordo com a Lei n. 8.069, também chamada de Estatuto da Criança e do Adolescente.

Poti-poti
Linguajar oculto, dialeto incompreensível e sem nexo na história.

Perna-de-pau, olho de vidro e nariz de pica-pau
Meu Deus! O que fizeram para a pobre borboletinha ter perna-de-pau, olho-de-vidro e nariz de pica-pau?Cruel, muito cruel!

Samba Lelê

Samba Lelê "ta" doente, "ta" com a cabeça quebrada, Samba Lelê precisava é de dezoitos lambadas!
Ora, o que teria feito a pessoa do Sr. Samba Lelê para ser sujeito a tamanha selvageria, mesmo após ser constatada seu estado de saúde precário? A cantiga ainda sugere que sejam dadas dezoito, não só uma, mas dezoito lambadas (termo usado constantemente para definir agressão físico), totalmente desumano.

Samba , samba, Samba ô Lelê
Pisa na barra da saia ô Lalá (BIS)
Mas um traço de crueldade, aqui fica claro que a sugestão anterior foi acatada, denotando satisfação em fazer Samba Lelê "sambar". Ênfase para o BIS, pois não contente em judiar de um moribundo, há uma repetição de um ato sádico e vil.

O resto da cantiga é sobre questionamentos para uma tal Morena Bonita e sua visão deturpada da vida.

Nana Neném

Nana neném que a cuca vem pegar
Ameaça, claramente um mal prometido e injusto. Coagindo o neném a realizar algo que não quer, afirmando que a Cuca (uma bruxa maligna com cara de jacaré, madeixas louras e unhas cumpridas) irá vir pegá-la. Nenhum pouco assustador.

Papai foi pra roça Mamãe foi trabalhar
Um claro desleixo por parte dos pais, quem deixaria seu filho sozinho com tamanha ameaça? E o pior quem está cantando para a criança já que seus protetores naturais o deixaram? Sinistro!

Desce gatinho de cima do telhado pra ver se a criança dorme um sono sossegado
WTF is this? Como assim transferir responsabilidade para um gato da rua velar o sono de uma criança?

Vou parar por aqui e repensar na minha infância...

Até a próxima!


17 comentários:

  • Sibele Fernanda Machado disse...

    Referente a "Borboletinha" tudo depende, minha filha adora me ajudar na cozinha, jamais deixarei ela com 8 anos tomar conta de tudo, mas ela quem faz o nescau dela, o pão...n acho exploração, seria q ela tivesse q fazer por obrigação....o almoço, por exemplo...

    Samba Lelê...não gosto da letra "cabeça quebrada, levar lambadas" q isso né?

    Nana neném.... ja cantei váaarias vezes uashuahsuas.....mas quem está cantando pode ser a babá...a tia......

  • Isa Lopes disse...

    Nana neném nunca gostei, mas as outras nunca passou na minha cabeça isso, depois que você mostrou é que fui reparar, nossa que horror hein.
    Beijos!
    islary34.blogspot.com

  • Taciane Dorneles Hermann disse...

    achei um post engraçado, mas é verdade. Eu não gosto destas músicas, eu mudo as letras como o nana nene, musica horrível. mas isso mostra como era a sociedade anos atrás quando estas músicas foram inventadas, as mulheres tinham filhos por obrigação e quem cuidava eram as babás (tinham outros nomes na época, mas eram babás).

  • Prioridade de Mãe disse...

    Maravilhoso post, amei as observações, sempre procuro observar tudo que diz respeito ao mundo infantil, pois infelizmente sempre encontramos esse tipo de mensagem subliminares.

    http://prioridadedemae.blogspot.com.br

  • Beatriz Bragança disse...

    Boa tarde
    Certíssimo!
    O pior é que,actualmente,os desenhos animados também são muito cruéis e as crianças passam muito tempo a vê-los...
    Acho que ser criança no meu tempo era bem melhor...
    Um abraço
    Beatriz

  • Anônimo disse...

    kkkkkkkk, verdade, essas musicas eram pra ser para crianças e nunca tinha prestado muita atenção\!!!

    Camilla Penno
    www.reinomae.com

Postar um comentário

Quando você comenta, também participa do Mamães em Rede! Comente, participe, pergunte. Obrigada!

 

©Copyright 2012 - Todos os Direitos Reservados - Mamães em Rede | Design By Arte Design