Sinusite. O que é? E como prevenir?

26 de junho de 2013 4 comentários
Olá,

O mês de Maio não foi nada fácil aqui em casa... Isso porque Marinah passou o mês todinho, e ainda o início de Junho bem mal...

Pegou um super resfriado e não melhorou. Fui diversas vezes ao Pronto Socorro e nada muito conclusivo a não ser uma gripe forte, e até princípio de pneumonia.

E ela só piorava, já não se alimentava e, então resolvemos levar a um excelente pediatra aqui da cidade (particular, porque o do convênio não tinha vaga... só para variar...). E qual foi nossa surpresa? Marinah estava com uma sinusite aguda. E tudo teve resposta. O nariz com muita secreção, muita tosse, febre, falta de apetite, mal estar.

E você sabe como é a sinusite, mamãe?

Sinusite é a Infecção dos seios nasais
Imagem daqui

Os seios nasais são espaços cheios de ar no crânio (atrás da testa, do osso nasal, das bochechas e dos olhos) que são revestidos de membranas mucosas. Os seios nasais saudáveis não contêm bactérias nem outros germes. Normalmente, o muco consegue ser drenado e o ar pode circular.

Quando as aberturas dos seios nasais se bloqueiam ou há muito acúmulo de muco, as bactérias e outros germes podem crescer com mais facilidade.

A sinusite pode ocorrer por uma dessas doenças:
  • Os pequenos cílios dos seios nasais, que ajudam o muco a sair, não funcionam corretamente devido a algumas doenças.
  • Resfriados e alergias podem aumentar a produção de muco ou bloquear a abertura dos seios.
  • Um desvio de septo, um osteófito nasal ou pólipos nasais podem bloquear a abertura dos seios nasais.

A sinusite pode ser:
  • Aguda os sintomas duram até 4 semanas
  • Subaguda - os sintomas duram de 4 a 12 semanas
  • Crônica - os sintomas duram 3 meses ou mais "

Leia mais aqui.

O tratamento no caso de Marinah, foi um antibiótico por 10 dias, inalação 3 vezes ao dia, spray com solução salina. Além de umidificador de ar nos ambientes. Esse é o tratamento indicado para sinusite aguda, indicado pelo pediatra.
Arquivo Pessoal
No terceiro dia de tratamento Marinah apresentou excelente melhora, voltou a comer, e a vida começou a voltar ao eixo.

Como prevenir:

A melhor forma de prevenir a sinusite é evitar ou tratar rapidamente gripes e resfriados:

  • Coma muitas frutas e vegetais, que são ricos em antioxidantes e outros químicos que podem estimular seu sistema imunológico e ajudar seu corpo a resistir à infecção.
  • Tome a vacina contra a gripe todos os anos.
  • Reduza o estresse.
  • Lave suas mãos frequentemente, especialmente depois de apertar a mão de outras pessoas.



Outras dicas para prevenir a sinusite:
  • Evite fumaça e poluição.
  • Beba muito líquido para aumentar a hidratação do corpo.
  • Tome descongestionantes durante uma infecção do trato respiratório superior.
  • Trate as alergias rápida e adequadamente.
  • Use um umidificador para aumentar a hidratação do nariz e dos seios nasais. "

Leia mais aqui.

Vale lembrar que bebês menores de 2 anos, não tem sinusite, já que seus seios nasais ainda estão em formação, de acordo com os pediatras e otorrinolaringologistas. Se seu bebê for menor de 2 anos e tiver os sintomas parecidos pode ser uma forte gripe ou resfriado.
Atenção Mamães, já estamos no inverno e esse tipo de doença respiratória é mais frequente. Procure o pediatra assim que perceber que seu bebê não apresenta melhoras do resfriado.

Grande  Abraço,

4 comentários:

  • Divagações da Mamãe Tê disse...

    Deborah , bom dia.
    Impossível uma criança se alimentar e ficar bem com um incômodo desses que é a "bendita" sinusite. É um mal que assola muita gente... Quando pega os pequeninos faz estrago. E a gente fica mal junto com eles..

    Ainda bem que esse bom pediatra conseguiu orientar vocês e mandar embora tudo isso...
    É um dor chatíssima..eu ja tive.. imagine pra eles então.

    Maria estava tendo catarros recorrentes, com febre, tomando sempre antibióticos, exames, etc. Sempre prostrada.
    A última vez que me deixou desnorteada foi uma semana de febre alta. A febre estava resistente. Fiquei maluca. Resultado: antibiótico no bumbum, oral e tudo mais. Passou pq curou os sintomas.

    Mas descobri um Otorrinolaringologista que foi mais a fundo do problema. Cortou leite a noite, iogurte de forma geral e diminuição de chocolate.

    Segundo ele o leite e o iogurte fermentam, tampam as vias respiratorias que você mostrou, e começam os problemas respiratórios recorrentes. Muita secreção, febre, dor de ouvido, etc.

    Deborah, deu certo. Estamos ha mais de 6 meses com o tratamento. Maria já teve quadro de catarros no nariz. No dia que teve febre, foi um só e sem ir pra frente. Antibiótico não tomou mais até hoje.

    Essa teoria é da maioria dos otorrinos aqui. Conversamos muito com ela que aceitou perfeitamente.

    Preferimos ver nossa pequena bem sem o iogurte do que passando por isso toda hora.

    Relatei isso pra alguma mamãe que o filho anda tendo o quadro assim e não cura. É preciso tratar a causa e naõ apenas os sintomas.

    Beijos e boa saúde para todos vocês...

  • Gracita disse...

    Bom dia Débora!
    E como uma sinusite incomoda. Sei bem o que tua pequena sofreu pois estou aqui fazendo tratamento para aliviar os sintomas que tem me deixado bem mal. Espero que a princesinha esteja bem.
    Um lindo dia!
    Beijos

  • Genis Borges disse...

    Oi amiga, eu já estava angustiada com Marinah doentinha.
    Graças a Deus conseguiram descobrir aa causa de todos os probleminhas.
    Agora daqui pra frente, é só alegria!!!
    JM nunca teve sinusite, mas eu sim e sei o quão horrível é, imagina para uma criança tão pequena... tadinha... =(
    Bjus!

  • Carol Meoli disse...

    Ai amiga, fiquei preocupada com a princesa Marinah.
    Logo ela estará bem!!!
    Sinusite realmente é uma tristeza, tenho desde criança também e minha mãe também tem! E é muito ruim, tadinha.

    Beijos em vcs

Postar um comentário

Quando você comenta, também participa do Mamães em Rede! Comente, participe, pergunte. Obrigada!

 

©Copyright 2012 - Todos os Direitos Reservados - Mamães em Rede | Design By Arte Design