Se nasce "conectado"?

26 de junho de 2014 13 comentários

Li esse texto no blog http://psiarteterapia.com.br/ e achei super interessante, vejam só:

Sabe-se que o meio onde a gestante vive influência o feto, uma música muitas vezes ouvida pela mãe no período de gestação, por exemplo, pode ser também apreciada pelo bebê no futuro. Seguindo essa linha de raciocínio, a alta tecnologia que permeia o ambiente materno como os ruídos do computador (que já é passado), celulares, iphone, ipad, também influenciam o feto. Esta geração já nasce, portanto, conectada.

Isto me fez parar e pensar... realmente faz sentido!

Lembro-me que quando estava grávida do Joseph abri mão de alguns alimentos, fiz trocas saudáveis tudo para o bem estar do meu filhote. E uma coisa sempre fiz e faço é estar conectada. Me identifico com esse meio e muitas vezes fico até mais tempo do que se deveria, os assuntos são constantes, curiosidades, pesquisas tudo a um toque dos dedos no teclado e mouse, pronto já estamos em vários universos, pesquisando, lendo até mesmo várias coisas ao mesmo tempo.

E claro que o meu filho percebe isso... teve uma época que estava tão conectada que ele não gostava... todo momento me chamava e se estava no smartphone ele tirava da minha mão, foi quando parei e vi que estava errada e limitei momentos de acesso.

Joseph de vez em quando pega meu celular, pede pra ir ao computador, mas não tem fascínio - não ainda – prefere estar andando por cima do sofá, desarrumando toda a sala e cantarolando e dançando sempre.

Estar on line é bom, pois aprendemos e temos acesso a várias coisas super interessantes, como os APP que a Vivi tem deixado lá no meu blog e como uma usuária confessa a cada semana baixo alguns para Joseph usar, uns ele gosta, outros não chama atenção e os que gosta tem mania de: fazer, ver e ouvir a mesma coisa várias vezes, depois larga de vez. 
Por aqui então, não tenho um conectado o tempo todo, mas em eventual, mas reflita no que temos trazido e analise como tem sido em sua casa.

Se voltar ao texto que te indiquei verá observações e frases dizendo que o melhor sempre é estar em contato com brinquedos e brincadeiras reais...


"Brinquedos e brincadeiras contribuem para o estabelecimento de relações da criança com seu meio ambiente; brinquedos e atitudes saudáveis a ajudarão a construir relações harmoniosas e a desenvolver-se de modo saudável." K.Sheven


“O mundo virtual da tecnologia moderna está aqui para ficar, e as crianças certamente precisam aprender a viver e operar nele. Meu argumento é apenas que elas precisam aprender a operar no mundo real antes de começar  a viver e lidar com o mundo virtual. É preciso ter raízes além de asas. Brincar de verdade dá às crianças as raízes; o brincar virtual lhes dá suas asas. Elas precisam de ambas e na ordem certa". D. Elkin, doutor em psicologia clínica nos EUA

Fonte aqui

13 comentários:

  • Pequena Sofia disse...

    A Sofia adora ficar jogando ou assistindo videos online, procuro sempre aprender jogos e brincadeiras diferentes para ela se entreter. Se deixar ela chega da escola e vai direto para o computador, por isso temos algumas combinações...
    Bjs
    http://pequenasofiaemanuelle.blogspot.com.br/

  • Mundinho de Arianne disse...

    Aqui a Arianne não é muito de computador, e sim de televisão. Adora, se deixar fica o dia inteiro brincando e assistindo ao mesmo tempo,rs.
    Beijos!
    http://mundinho-de-arianne.blogspot.com.br/

  • Janis Souza disse...

    Eu procuro sempre dosar o acesso, tanto da internet através do tablet e meu celular como de assistir televisão, em casa o horário para fazer essas coisas é pré determinado e nos demais horários ela pode brincar com seus brinquedos, ler, desenhar, ser criança sem essa tecnologia toda rsrsrsrs
    Adorei o texto!
    Beijos

  • Juliana Pelizzari Rossini disse...

    Oi Cris, somos o exemplo em qualquer circunstancia, então, aqui em casa, apesar de ter o blog que amo, sou apaixonada por escrever, acabo deixando um poco de lado...
    Por isso o Vitinho não e' tao fascinado pela tecnologia... Ele ate brinca, gosta, mas prefere brincar de bola, correr, interagir com as pessoas...
    Mas e' como falei, eu evito, pois sou o exemplo dele... Procuro fazer minhas escritas durante seu sono, ou quando vai brincar na casa da avo.
    Meu filho quer minha companhia, então não posso deixar ele triste para ficar no computador...
    Mesmo pq. o blog e' hobby, e só existe por casa do meu filho...
    Moderação e' a palavra certa e o exemplo sempre...
    Não e' porque estamos na internet que os filhos tem o mesmo direito... podemos permitir aquilo que achamos certo, porem na primeira oportunidade, quando estiverem maiores farão a mesma coisa com a gente, ficarão conectados, sem tempo para conversar com os pais... (minha opinião)
    Bjs
    Ju.

  • Sapecas Lu Bonfante disse...

    Bem verdade mesmo. Também sou super conectada, e meus filhos são loucos pelo computador e celular. Lógico que agora a gente manera também nos acessos e também damos uma segurada neles impondo quantidade de tempo que poderão usar o computador e os jogos no celular.
    Bjs, Lu
    www.soumaededoisanjinhos.blogspot.com.br

  • Roberta Aquino disse...

    Com certeza .. acabei de comentar isto em outro blog .. tudo na medida certa ... prefiro que a Luma faça outras coisas agora .. então deve ser por isso que ela ama cantar e dançar .. dei aula de dança e dancei gravida com ela no palco até quase ela nascer .. hehehehe .. bjs

    Roberta Aquino
    Diário de uma Princesa

Postar um comentário

Quando você comenta, também participa do Mamães em Rede! Comente, participe, pergunte. Obrigada!

 

©Copyright 2012 - Todos os Direitos Reservados - Mamães em Rede | Design By Arte Design