Higiene Bucal

5 de fevereiro de 2013 13 comentários

Os cuidados com a higiene bucal devem começar a partir do nascimento do bebê. No recém-nascido, a limpeza deve ser feita com uma gaze ou fralda umedecida em água limpa para remover os resíduos de leite. Com o nascimento dos primeiros dentes (por volta dos 6 meses), a fralda deve ser substituída por uma dedeira. Aos 18 meses, com o nascimento dos primeiros molares decíduos, a higiene deverá ser realizada com uma escova dental infantil sem creme dental ou com um creme dental sem flúor. O creme dental fluoretado só deverá ser utilizado a partir dos 2 ou 3 anos de idade, quando a criança souber cuspir completamente o seu excesso.

A cárie é uma doença transmissível. O Streptococcus mutans, bactéria causadora da cárie, pode ser transmitido da mãe para o filho pelo contato direto. Por isso, não se deve soprar a comida do bebê nem experimentá-la com o talher dele, pois é possível transmitir a ele essas bactérias.

A primeira visita ao dentista deve ser feita ainda na gestação. O ideal é que a mãe faça uma consulta para receber as orientações necessárias para manter a correta saúde bucal do seu filho. Independentemente da consulta da gestação ter sido realizada, a primeira consulta do bebê deve ser por volta dos 6 meses, coincidindo com o nascimento do primeiro dente decíduo. Preferencialmente, a consulta deve ser realizada com o odontopediatra, pois é ele o profissional habilitado a fazer esse primeiro atendimento.

Manter a higiene bucal é fundamental não só para os dentes e boca, mas para o corpo todo. E não pense que isso é muito complicado de fazer, pois não é! Basta criar uma rotina e fica tão simples quanto realizar as outras atividades diárias como, por exemplo, comer, lavar as mãos etc.

Explicando melhor, criar uma rotina de higiene bucal significa desenvolver ações simples para manter a boca e os dentes limpos. Faz parte da higiene bucal escovar os dentes, passar fio dental, usar elixir bucal e, é claro, consultar o dentista frequentemente para verificar se não há nenhum problema.

Curiosidades

A saliva tem várias funções: lubrifica e umedece o interior da boca para facilitar a fala e transformar os alimentos numa massa fácil de ser digerida; ajuda a controlar a quantidade de água no organismo (quando o corpo está com falta de água, a boca fica seca, surgindo a sede) e também tem a função de dificultar a formação de cáries.Isso porque, ao circular na boca, remove restos de alimentos e bactérias. Diariamente, passam pela boca de 1 a 2 litros de saliva produzidos pelas glândulas salivares.

Fontes: http://guiadobebe.uol.com.br/higiene-bucal-do-bebe/
            http://www.smartkids.com.br/especiais/higiene-bucal.html

Forte abraço de mamae ursa!

13 comentários:

  • Evanir disse...

    Minha Querida.
    Hoje seu blog é destaque da semana
    no meu cantinho,.
    Coloquei imagem e código na postagem para ficar fácil levar,beijos carinhos,Evanir.

  • Jackie Graça disse...

    adorei o texto. Por aqui a fase de escovação começou tarde por que o davi simplesmente não deixa, eu estou tentando levá-lo no dentista. Mas pelo menos ele tem deixado eu escovar (somente eu), mas já é alguma coisa né. bjussssssss

  • Divagações da Mamãe Tê disse...

    Oi Gleysa,

    Aqui ficamos de olho na escovação da Maria. Ela já aprendeu bem. E a cada nova fase , mais independência pede a odontopediatra.

    O texto fala em soprar comidas - que não se deve fazer. Vejo também reportagens falando sobre beijinhos na boca que as mamães e papais adoram.
    Também não é aconselhável.

    Tive muitas visitas ao dentista por falta de cuidados e preguiça com os dentes quando criança e adolescente.

    Isso me rendeu e rende (os dentes ficam fracos) varios tratamentos.

    Minha Maria , graças a Deus com 6 anos ainda não teve cárie. Comeu algo doce, vá escovar os dentes pro bichinho não roê-los. E roem mesmo...

    Fiquemos de olho cedo né Gleysa, para nossos filhos não sofrerem no dentista.

    Beijos beijos..


  • Juliana Reis disse...

    Gleysa, ótimo post!
    Muito esclarecedor, com certeza vai ajudar muitas mamães!
    Aqui Dudu não dá trabalho para escovar os dentes, mas quer escovar sozinho, é uma agonia para eu ajudá-lo...rs
    Beijo,
    Ju

  • Claudia disse...

    Concordo que escovar os dentes dos pequenos deve-se agregar a rotina, nem sempre é tão fácil, porque tem os resistentes a escovação e só querem escovar sozinhos, ou melhor, comer a pasta! Nesse caso, é muita persistencia e paciencia, passo por isso hj, mas não desisto... ótimas dicas sobre a higiene bucal.

  • Mamãe Roberta Soares disse...

    Desde que o Matheus nasceu cuido da higiene bucal dele com muita atenção. Com o nascimento dos dentes tem dias que fica dificil, pois ele não quer abrir a boca. Faço algumas brincadeiras, e qs sempre consigo...
    Bem lembrado o assunto, pois já ouvi de mães que nem sabiam que antes dos dentinhos já deve ser feita uma higiene.

    BJs

    http://www.matheusmeucoracao.com

  • Genis Borges disse...

    Oi amiga, JM teve sua primeira consulta ao dentista qdo tinha 7 dias de nascido.
    É super importante esses cuidados com a criança ainda bem pequena.
    JM adora escovar os dentes, ainda bem...rsrs e espero que continue assim!
    Bjus, bjus.

  • Ailton disse...

    Olá, Mamães em Rede!

    Minha dica lúdica sobre higiene bucal é o livro infantil A Boca Mágica. Ok, ok, tudo bem, sou suspeito para falar. Mas qual o pai que não fala do seu filho, quer dizer, qual o escritor que não fala sobre seu livro? Risos. Deixo aqui um convite para as mamães e professoras visitarem o blog do livro. Lá, além do trailer da historia, é possível "baixar" atividades de pintar, bonecos de montar, etc. O endereço é http://www.abocamagica.com.br/

    Perdoem-me pela corujisse literária.

    Um grande abraço!

    Ailton Sobral
    Autor e ilustrador

Postar um comentário

Quando você comenta, também participa do Mamães em Rede! Comente, participe, pergunte. Obrigada!

 

©Copyright 2012 - Todos os Direitos Reservados - Mamães em Rede | Design By Arte Design