Sonho de ser Mãe em Tempo Integral

8 de setembro de 2013 25 comentários
Sempre quis ser mãe, e meu segundo sonho era ser mãe em tempo integral.
Não conseguir realizá-lo antes, mas nessa gestação o sonho se tornou mais forte. Conversei então com meu marido e decidimos.
Não vai ser fácil, mas a educação e cuidado das crianças hoje pra nós é prioridade e tomar essa decisão não foi tão fácil assim, entrei em uma crise existencial, isso mesmo, comecei a chorar quando de repente fui tomada por um pensamento de que seria uma inútil, dependente financeiramente, isso começou a me consumir já que trabalho desde os meus primeiros dias de casada até hoje, porém minha vontade de ser mãe em tempo integral falou mais alto e a importância do que isso significa pra mim.
Terei minhas pequenas aos meus cuidados, verei minha mais novinha andar pela primeira vez, falar sua primeira palavra, ela vai sentar e tudo isso eu irei acompanhar não a babá, pois meus pais e parentes moram longe, então, teria que ser uma babá ou creche, mas fui agraciada por esse presente maravilhoso, serei mãe em tempo integral!
Terei a melhor profissão do mundo, serei a pessoa mais bem paga do universo, vou trabalhar mais do que todos, pois serão 24 horas  e isso pra mim  não tem preço.
“Ser mãe é o melhor presente que Deus pode me dar e ser em tempo integral foi a surpresa que Ele reservou pra mim”.

 


* E você que acompanha essa coluna do MR, participe. Envie sua postagem para mamaesemrede@gmail.com e veja o seu relato influenciando as mamães em rede.


25 comentários:

  • Cacau... a mãe do João Nicolas! disse...

    Amiga, eu super te entendo... eu estava pensando em colocar meu pequeno numa escolinha, trabalhar um meio turno e tal... mas pensando, repensando muito bati o martelo que não, vou é cuidar do meu filho enquanto ele é um bebê, indefeso e apegado em mim.

    Essa fase das crianças é única e passa muito rápido. Temos uma vida pela frente e um dia vamos retomar nossas carreiras... cada coisa no seu tempo né?

    E outra... tem serviço mais recompensador que ser mãe? é claro que é estressante, como todos, cansativo, como todos... mas cada sorriso deles... ah, não há dinheiro no mundo que pague!

    Beijos amiga querida, amei o post!

  • Thatha disse...

    Eu pretendo ser mãe em tempo integral até o Arthur ter pelo menos uns 5 anos... quem sabe depois eu começo a tentar outro.. rsrs mas quero me dedicar exclusivamente ao meu filho....

    Beijoos

    http://esperadomeupresentinho.blogspot.com.br/

  • Gleysa Lopes disse...

    Que bom que vc agora pode ser mãe em tempo integral!
    Tb escolhi isso para mim e não me arrependo!
    Não se importe com o julgamento dos outros, pois eles acham que mãe que fica em casa cuidando dos filhos é madame, mas nós que vivenciamos sabemos que a realidade e bem diferente!
    Parabens pela inciativa, super apoiada!

    Beijos
    Gleysa
    www.demamaerusa.com
    www.mamamaesemrede.com

  • Mamãe Nádia disse...

    Quero te convidar pra visitar meus novo/velho blog. Decidi voltar pro meu antigo cantinho www.mamaenadia.com, e tem um post lá no blog explicando porque.
    Espero que você continue me acompanhando mesmo com a mudança!
    Beijos!

    www.asosmamaenadia.com
    www.mamaenadia.com

  • disse...

    A Nanda é muito especial, uma gentileza sem igual.
    É isso mesmo flor, ser mãe é o maior presente de Deus!
    Parabéns pela postagem!
    Com carinho

    http://femmedigital.blogspot.com.br/

  • Divagações da Mamãe Tê disse...

    Nanda, sou mãe em tempo integral tem quase 7 anos.
    Também como você não tenho parentes nenhum por perto. Então tudo, sempre contamos com nós mesmos.
    Babá não tinha referência e nem financeiro pra isso, escolinha o dia inteiro não sonhava para minha pequena.

    Realizei, como você, o sonho de educar Maria mais do que uma babá ou professora. E a escola, passou apenas a ser um complemento, como tem que ser.

    Todas essas neuras me passaram pela cabeça. Sinto falta sim de ter minha independência. Mas só isso!

    Seja feliz com seu sonho realizado e não deixe que ele pese em seus ombros. Tudo que tem que ser é. Se um dia mudar de opinião e quiser trabalhar, irá acontecer com tranquilidade, mas se o momento pediu ser mãe integral, viva-o intensamente...

    Beijos querida. Seja feliz!

    Teresinha Nolasco
    Bolhinhas de Sabão para Maria

  • Débora Santos disse...

    Parabéns Nanda decisão, compartilho de sua alegria!! Sabemos que é uma decisão difícil e que é preciso pensar muito e ter coragem para ir em frente. Acredito que todas as mães sentem esse desejo (eu tb). Boa sorte e que Deus esteja sempre contigo e com sua família. bjsssss

  • Carlah Ventura disse...

    Amiga no meu caso eu tive que deixar de trabalhar pois a segunda gravidez foi um pouco complicada no inicio, e depois não consegui vaga para o pequeno na creche, mas confesso que acabei gostando de ficar em casa com os filhos.
    Realmente não é fácil e temos que reduzir muitos gastos, afinal só marido arcando com as despesas é bem apertado. Mas sempre damos um jeitinho e tudo acaba dando certo.
    Adorei seu post.]

    Carlah Ventura
    Blog:Intensa Vida

  • Tatty Nunes disse...

    Que bom conhecer a Nanda mais um pouco ela é uma pessoa maravilhosa e muito gentil com todos, sempre presente! Adoro!!!!
    E comigo também foi assim tive que decidir em trabalhar ou ficar cuidando do filhote, optei em cuidar do meu filho, mas confesso que sinto falta do trabalho. Deixo nas mãos de Deus.
    Bjos
    Tatty
    http://diariomaedeprimeiraviagemtatty.blogspot.com.br/

  • Genis Borges disse...

    Amiga, eu nunca tive o sonho de ficar o dia inteiro com JM, pois sei que mesmo trabalhando fora, sou mãe em tempo integral desde que me descobri grávida.
    Dou o melhor do meu tempo pra ele, com qualidade, carinho e compromisso.
    Grande beijo, Genis

Postar um comentário

Quando você comenta, também participa do Mamães em Rede! Comente, participe, pergunte. Obrigada!

 

©Copyright 2012 - Todos os Direitos Reservados - Mamães em Rede | Design By Arte Design