Ah... as mordidas!

8 de outubro de 2013 13 comentários

Uma das grandes preocupações dos pais no Berçário diz respeito às mordidas, tanto em relação a quem foi mordido, como quem morde!

Nessa idade, os conflitos e as disputas são intensas, afinal os bebês estão na fase do egocentrismo e acham que o mundo gira ao seu redor, tudo " É meu!".

É normal e acontece em todos os berçários, gosto de ser clara ao falar sobre o desenvolvimento infantil e explicar um pouco sobre essa fase. Isso não quer dizer que toda criança será mordida um dia, ou irá morder alguém, mas isso acontece.

Imagem: http://colegiomarcodes.com.br/

Quando esse comportamento se torna uma rotina, temos que ficar atentas e tentar descobrir quais os motivos determinam essa atitude, como:
  • Criança ainda não fala e reage através da mordida? 
  • Os adultos costumam brincar de dar mordidinhas na criança?
  •  Ela está se sentindo ameaçada? 
  • Ou apenas ela quer chamar a atenção? 

Essas mordidas acontecem em questão de segundos, por mais que as educadoras fiquem atentas, nossos pequenos são rápidos  demais!

Sei o quanto é dolorido ter um filho mordido, a minha na primeira semana de creche levou três mordidas...me lembro que a terceira fez um estrago grande, chorei quando vi!

A escola tem obrigação de informar quando as mordidas acontecem, conheço algumas que preferem mentir (com medo da família brigar) a relatar o que realmente aconteceu. Não vejo necessidade nenhuma de inventarem desculpas, é uma fase, acontece na escola e acontece na frente da mãe quando duas ou mais crianças estão brincando juntas.

É importante informar a família de quem foi mordido e também de quem mordeu, para que a mãe fique ciente do que está acontecendo.

Outro dia, li em alguma página que eu curto, uma mãe contando que seu filho foi mordido e ela recebeu um bilhete de desculpas muito bonitinho por parte da mãe da criança que mordeu. Achei que foi tão gentil, a mãe demonstrou estar muito sentida com o que aconteceu e quis fazer um agrado.

Saibam que as educadoras também ficam muito chateadas quando uma mordida acontece e todas são orientadas para ficarem atentas e evitarem que isso aconteça.

As mães devem ficar preocupadas quando:

- A criança é mordida/morde com frequência;
- Você percebe as mordidas e elas não estão relatadas na agenda;
- São várias mordidas em um mesmo lugar (demonstra que a criança ficou por alguns minutos sem a supervisão do adulto).

Converse sempre com a professora e seja uma parceira da escola!




Um abraço carinhoso!

Melissa Machado
( http://professoramelissa.blogspot.com.br/ )
( http://perolasdabiaemaishistoriasdemae.blogspot.com.br )



13 comentários:

  • Beatriz Bragança disse...

    Querida Melissa
    Muito bom,o seu artigo!
    Há que prevenir a violência desde cedo. Ou então verificar o que se passa, para que não se repita.
    Muitos parabéns pelo seu alerta.
    Beijinhos da
    Beatriz
    VIDA E PENSAMENTOS
    http://pegadasdeanjo.blogspot.com

  • Desirée Tapajós disse...

    Melissa parabéns pelo post, em casa tenho trigêmeas, as vezes rola umas mordidas, já conversei, já diminuiu muito, mas mesmo assim as vezes acontece, elas ainda não estão na escola (só ano que vem), vc tem alguma dica para acabar com as mordidinhas?.

    Tri-beijos Desirée
    http://astrigemeasdemanaus.blogspot.com.br/

  • ♥ Nanda ♥ disse...

    temos que ficar de olho mais
    realmente é o normal das crianças e uma fase que tem que ser
    orientada com cautela
    amei o post

    linda tarde bjs

    http://sermamaepelasegundavez.blogspot.com.br/

  • Cida Kuntze disse...

    Muito legal essa matéria, pois isso acontece mesmo.

    Uma vez minha filha estava brincando com um amiguinho e de repente ele deu uma mordida nela. Eu e a mãe do menino tentávamos fazer com que ele abrisse a boca, pois ele continuava mordendo, mas quem disse que abria... foi um sufoco.
    Lembro que a marca ficou bem feia, demorou semanas pra sair, ainda bem que era inverno.
    Depois desse dia minha filha cuidava ao brincar com ele, pois a qualquer descuido ele podia morder...rsrsrs.
    Beijos.

  • Cristiane Lima disse...

    Adorei você falar sobre isso!
    Aqui ainda não passamos por mordidas... talvez seja porque meu pequeno em sua classe é o maior? Enfim, não sei, mas sempre que vou buscá-lo ouço relato de umas mães que ficam revoltadíssimas com as mordidas... muitas não tem esse entendimento como vc relatou... bjkss

  • Genis Borges disse...

    Oi Mel, adoro seus posts!! ♥

    JM também já foi mordido algumas (poucas vezes) quando era menorzinho e também fiquei muito triste, mas a escola nos avisou e passou pomadinha no local.
    Também foram bem atenciosos para este momento.
    Graças a Deus JM nunca mordeu, mas sei que é totalmente normal.
    Bjus, Genis

Postar um comentário

Quando você comenta, também participa do Mamães em Rede! Comente, participe, pergunte. Obrigada!

 

©Copyright 2012 - Todos os Direitos Reservados - Mamães em Rede | Design By Arte Design