O Poder da Música

5 de outubro de 2012 14 comentários



A música tem o poder de nos influenciar de forma muito positiva. Por este motivo, a musicoterapia  tem sido usada para tratar muitas doenças e problemas.

O uso da música durante a gravidez, por exemplo, permite a troca de elementos emocionais entre mãe e bebê, contribuindo para o bem estar de ambos e também ajuda no desenvolvimento físico e mental do feto. A audição é o primeiro sentido a despertar. Por volta de 20 semanas após a concepção, o feto começa a ouvir os sons externos e a reagir a eles. A sensibilidade fica mais aflorada o que propicia um contato mais intenso entre mãe e filho.

Após o nascimento, a música deve continuar presente nas cantigas de ninar, que tem o poder de embalar e acalmar os bebês. Depois vêm as cantigas de roda, parlendas e músicas em geral. As crianças logo aprendem a balançar o corpo ao som da música. É lindo de ver.

A música contribui para o desenvolvimento da fala, através do canto e da imitação; ajuda a desenvolver a memória e coordenação, por conta do movimento e resposta à música; contribui na distinção de sons altos e baixos, rápidos e lentos e reconhecimento de ritmos diferentes.

No período escolar, o repertório musical das crianças só faz crescer. É comum ver as crianças cantarem e dançarem as musiquinhas que aprendem na escola. A educação infantil utiliza a música como aliada na aprendizagem, pois é uma ferramenta importante para o desenvolvimento motor, cognitivo e corpóreo da criança.

Segundo o médico pediatra Marcelo Reibscheid,  a música está intimamente relacionada ao aprendizado em crianças. "Sabemos que crianças que ouvem música com frequência, e principalmente aquelas que estudam música, podem e normalmente têm um raciocínio mais rápido e maior facilidade de ganho verbal”. Já Elisandra Sé destaca que: “o aprendizado da música ou de um instrumento musical ajuda no desenvolvimento cognitivo, sobretudo nos aspectos semânticos e nos sistemas de memória. A música se configura numa forma de linguagem e pensamento”. 

Aqui tem música na hora do banho, na hora de dormir, na hora de brincar e por aí vai. A música tem o poder de tornar nossa vida mais doce, mais leve e muito mais feliz!


Uma música para descontrair

1 - Musicoterapia é a utilização da música e/ou de seus elementos constituintes, ritmo, melodia e harmonia, por um musicoterapeuta, em um processo destinado a facilitar e promover comunicação, relacionamento aprendizado, mobilização, expressão, organização e outros objetivos terapêuticos relevantes, a fim de atender as necessidades físicas, emocionais, mentais, sociais e cognitivas. A musicoterapia busca desenvolver potenciais e/ou restaurar funções do indivíduo para que ele ou ela alcance uma melhor qualidade de vida, através de prevenção, reabilitação ou tratamento. (World Federation of Music Therapy)- Wikipedia



14 comentários:

  • Andrea disse...

    Música é bom e tem que ser boa, de qualidade. Aqui em casa estimulamos bastante as cantigas de roda clássicas, músiquinhas que a mamãe aprendeu por aí quando trabalhava como recreadora, palavra cantada.... enfim, música de criança. Adorei o texto! Vou compartilhar com amigas que vão amar, né Estefani?? Parabéns, Ju. Só a Maestra das Mamães em Rede poderia postar algo tão bacana... BeijoBeijo. Andrea e Lara. http://coisas-da-lara.blogspot.com.br

  • Carol Meoli disse...

    Ju, acredito que a música seja realmente magnifícia e tem uma magia única!
    Sou apaixonada por música, não vivo sem, e a Babi também adora uma música desde meu ventre!!!

    Beijos

  • Cida Kuntze disse...

    Jú, concordo a música é ótima no desenvolvimento da criança. Desde antes da minha filha nascer eu colocava músicas suaves pra ouvir. Quando ela ficava no berço e eu fazendo o serviço, deixava lindas melodias tocando. Ela gostave e gosta muito. Participa de um coral e precisas ver como ela canta...rsrs. Não dubla ou fica bagunçando na hora da apresentação, solta a voz mesmo...rsrs.
    Beijos e parabéns pelo texto.

  • Renata Diniz disse...

    Ju! Que postagem gostosa de se ler ao som do Palavra Cantada! Eu ouvi muita canção de ninar quando eu estava grávida de Laura. Quando ela nasceu, fiz o teste e comprovei o que me disseram sobre o reconhecimento da música pelo bebê. Ela ouvia e vibrava mexendo os bracinhos e abrindo um largo sorriso! Hoje, além de cantar, dança muito! Uma graça! E o melhor, que você ressaltou muito bem, é ver conciliado a diversão e desenvolvimento motor e cognitivo. Maravilha! Beijos!

  • Mamães em Rede disse...

    Olá minha amiga, que post gostoso de se ler. Vc escreve muito bem!
    Eu amo música, sou uma pessoa musical! JM faz aula de musicalização, mas desde o ventre, já ouvia e cantava muito com a mamãe!
    E que belo videozinho, amo Palavra Cantada e temos vários CD's aqui!
    Bjus mil querida!
    Genis

  • Adriana Ranzi Curioni disse...

    Juliana a música é tudo de bom na vida de uma criança, estimula muita coisa para eles!!! Até pra birra ajuda!!! Vou te falar que esses dias minha filha de 1 ano e 5 meses estava fazendo uma birra daquelas, um chororô que só e eu fazendo as malas para viajar (a propósito estou escrevendo um post para registrar essa primeira birra dela )rs então, ai eu nem dei moral deixei ela lá e comecei a cantar a música preferida dela que é a da abertura do Carrossel e beijo beijo beijo da Maria Joaquina.... pra que.... a birra parou na hora e ela comecou a querer se ëntrosar"na cantoria rsrs Ótimo post!!
    beijos
    www.minhamaricotamaricotinha.com

  • Nádia Lima disse...

    Oi.
    A musica de fato é de extrema importância para as crianças,desde o momento em que estão sendo geradas...Estou gestante e coloco musica para meu filho,amo!
    Adorei esse cantinho e já estou seguindo.

    bjs
    http://amordemaematerno.blogspot.com.br

  • Gleysa Lopes disse...

    A música tem um poder mesmo ela transforma ambientes e pode nos encher de alegria tudo depende do estilo, para as crianças faz um bem incrível ! Tudo de bm o seu post, show de bola!!!

    Bjs

    Gleysa

Postar um comentário

Quando você comenta, também participa do Mamães em Rede! Comente, participe, pergunte. Obrigada!

 

©Copyright 2012 - Todos os Direitos Reservados - Mamães em Rede | Design By Arte Design