A difícil arte de educar

22 de setembro de 2013 7 comentários



Educar os filhos é uma questão que sempre me deixa dúvidas, dúvidas como: Será que estou no caminho certo? Será que estou sendo rígida demais?

O medo de errar, de não saber criar um filho para o mundo, para lidar com as diversidades do dia-a-dia, assusta bastante. E várias coisas interferem no modo que vamos educar nossos filhos, opiniões de familiares, às vezes, os pais não entram em acordo entre si, sobre qual a melhor forma que se deve educar o filho, a educação que se teve em casa também interfere, às vezes os pais tiveram uma educação rígida demais e não querem criar os filhos assim, e isso às vezes leva os pais a serem permissivos demais, ou vice-versa.

Eu particularmente tento ao máximo não me deixar levar pelas opiniões alheias, sigo minhas convicções, meus valores, quero que os meus filhos tenham os mesmos.

Leio a cada fase que eles entram, para procurar entendê-los também, pois uma criança (digo em relação aos meus filhos de 1 ano e 11 meses) não sabe se expressar através de palavras, e sim  através do choro, da birra, às vezes, quando percebo que estão mais agitados, chorando por qualquer motivo, em outras palavras estressados, eu os deixo sozinhos com o stress deles, afinal quem não tem esses dias, não é? Mas ao mesmo tempo vou ensinando a cada crise de birra, a cada brinquedo, almofada que jogam no chão no momento da raiva. Mostro que não pode e os oriento a pegar no chão e colocar no lugar cada objeto jogado, e com outras formas de educar a minha maneira, tentando entendê-los acima de tudo,  vou conseguindo que meus filhos sejam obedientes, que tenham por mim uma coisa que todos os filhos deveriam ter pelos pais, respeito e não medo.

Temos que entender que cada família tem sua maneira de educar seus filhos, a minha melhor maneira não significa que será a dos outros, devemos respeitar a maneira de cada um, e isso já é um belo ensinamento aos filhos, respeitar o próximo.

Então meu lema é Educar a minha maneira e assim criar meus filhos para o mundo.

Camila Sabino é autora do Blog Nossa vida com os gêmeos.



* E você que acompanha essa coluna do MR, participe. Envie sua postagem para mamaesemrede@gmail.com e veja o seu relato influenciando as mamães em rede.

7 comentários:

  • Lyanna Souza disse...

    Educar dá trabalho e muitos pais não querem mais se dedicar a essa tarefa. Muitos deles estão delegando essa responsabilidade a terceiros(escola principalmente) e por isso temos visto cada vez crianças birrentas e desobedientes. Amei a sua publicação!!! Ela é bastante pertinente!!! Tomara que outros pais sigam o seu exemplo. Bjos!!!

  • Beatriz Bragança disse...

    Minha querida
    Tem razão:é muito difícil educar.Educar é dar o exemplo,desde que eles são pequeninos,é acompanhá-los,tentar endendê-los.
    Parece-me que está a fazer muito bem:vai lendo para melhor saber como agir.Educar é também desenvolver as faculdades do seu filho.Entendo que uma família deve ser organizada à volta do Amor e da disciplina.
    Muitos parabéns pelo seu texto e obrigada pela partilha.
    Um excelente domingo.
    Beijinhos da
    Beatriz

  • Dani disse...

    Excelente... educar é mesmo muito difícil. Por mais que a gente leia, busque informações, parece que estamos sempre "tateando" e buscando o melhor para nossos filhos do jeito que achamos que é melhor. Talvez não o melhor, mas o nosso melhor!
    beijinhos
    www.aprendendoasermaehoje.com

  • Genis Borges disse...

    Oi amiga, educar é um desafio e um aprendizado diário.
    Sempre me informo tb, pesquiso sobre o desenvolvimento da idade e troco experiências com outras mamães, mas cada família, criança e educação são únicas e cada mamãe deve buscar sua forma, com certeza.
    Obg pela participação aqui no MR.
    Bjus, Genis

Postar um comentário

Quando você comenta, também participa do Mamães em Rede! Comente, participe, pergunte. Obrigada!

 

©Copyright 2012 - Todos os Direitos Reservados - Mamães em Rede | Design By Arte Design