Ser mãe é buscar o equilíbrio diariamente

30 de novembro de 2012 16 comentários


Imagem: AQUI/ Frase e montagem: Juliana Reis

A vida é feita de escolhas. A maternidade implica em algumas delas. Quando somos brindadas com a oportunidade de gerar um filho, além do amor incondicional, carregamos conosco a necessidade de proteger, cuidar e educar; somos convidadas a priorizar a todo instante. Ao priorizar a família, independente da forma, nos tornamos mais tolerantes, pacientes, e muito menos egoístas.

A escolha mais cruel que acompanha as mães é o trabalho. Algumas optam por sair do trabalho ou dar um tempo para dedicar-se aos filhos. Outras continuam no trabalho e buscam formas de se adaptar à nova rotina, com auxílio de creche, escola, babá ou mesmo o auxílio de membros da família. E ainda tem aquelas que precisam modificar toda a vida, repensar tudo (meu caso) para adequar a vida profissional e a maternidade, montam um negócio próprio, tornam-se mães empreendedoras, a exemplo daquele quadro no Fantástico.

Trabalhar fora não é só questão de escolha para a maioria das mulheres, é questão de necessidade, além de fazer parte do projeto de vida. Digo trabalhar fora, pois as mães que tem disponibilidade de cuidar dos filhos e da casa em tempo integral também trabalham, e muito! Mas, há também as que trabalham fora ou em casa e também se dividem em cuidar do filho e da casa (meu caso). Não importa qual seja a sua escolha, em algum momento você será julgada, questionada e se sentirá culpada. Parece que a tal da culpa insiste em rondar a cabeça das mães, mas culpa por quê? Seja por uma escolha, necessidade ou circunstâncias da vida,  cada família tem o seu formato, suas prioridades não cabe a ninguém julgar se isso é certo ou errado e não cabe a você também se cobrar demais ou se culpar pela situação em que se encontra.

Não é fácil ser mãe e trabalhar fora. Não é fácil ser mãe em tempo integral. Não é fácil ser mãe e estudar. Não é fácil ser mãe. Nossa escala de prioridades coloca os filhos em primeiro lugar. Alcançar o equilíbrio entre a maternidade, a vida pessoal e profissional é um exercício diário. Tem dias que a balança pesa mais para um lado do que o outro, nos sentimos desajustadas, cansadas e não encontramos o equilíbrio entre as funções. A culpa, dúvida e insegurança vêm nos atormentar. Será que estou fazendo a coisa certa? Uma coisa é certa: não existe família perfeita, cada uma trilha seu próprio caminho e vai se moldando, compartilhando sonhos, desejos e conquistas. A mãe sempre prioriza a família, seu coração diz que esta é a decisão mais acertada, e é mesmo. Mas, há também de se encontrar o tempo para você, sua vida pessoal e profissional, assim a balança fica equilibrada e não pesa para nenhum dos lados. Entre tantas escolhas que precisamos fazer, vamos escolher ser feliz! A felicidade não é um fato isolado é uma soma das nossas escolhas e da forma como encaramos a vida.

* Precisei fazer uma escolha para equilibrar as coisas aqui em casa, decidi fechar o Compromisso de Mãe por um tempo. Ele está fechado para balanço. Aproveito a oportunidade para agradecer aos meus leitores, seguidores, cada comentário e carinho que recebi ao longo desses 14 meses. 
Vamos continuar nos encontrando aqui quinzenalmente às sextas-feiras. E sempre que possível vou visitar vocês. 

Beijo,


16 comentários:

  • Renata Diniz disse...

    Ju! Essa é uma reflexão muito importante para nos darmos conta da importância das coisas que realmente que somam em nossa vida. E cada escolha consciente gera uma pequena felicidade que somada às outras, tornam-se tesouros! Meus parabéns pelo seu equilíbrio. Você é muito especial para nós. Beijos!

  • Salua Stankievicz disse...

    Ju, você descreveu muito bem como é a vida de uma mãe, pois depois que os filhos nascem nossas prioridades mudam.
    E encontrar o equilíbrio é essencial, muitas vezes é difícil, mas chegamos lá, Parabéns pelo post.

  • Larissa Andrade disse...

    Olá!
    Primeiro, adorei este espaço!
    Ao ler, me identifiquei bastante, pois estou vivenciando isto. Em fase de escolhas, temos que buscar o equilíbrio, o que não é nada fácil, pois temos que "colocar na balança" tantos aspectos e aliar ao nosso sentimento de mãe, que na maioria das vezes, fala mais alto.
    Sucesso em sua escolha!
    Abços,

    Larissa Andrade.

    http://maternidadeecotidiano.blogspot.com.br/

  • Carol Meoli disse...

    É amiga, nossa vida é feita de escolhas e um tempo para um momento de reflexão.
    Vida de mãe não é fácil, é cheia de escolhas que temos que fazer, na verdade vida de mulher não é fácil, né?

    Fiquei feliz com sua decisão!!!
    Boa sorte amiga.
    Beijos

  • Genis Borges disse...

    Que post lindo Ju, descreveu realmente o sentimento das mães e o mais importante, sem julgar se trabalha ou não fora, o importante é encontrar o equilíbrio.
    Priorizar as coisas que realmente são importantes e gastar tempo e energia com pessoas que amamos...
    Que bom que está conosco!
    Bjus amiga!

  • Gleysa Lopes disse...

    Ju que post mais lindo!! E tb muito verdadeiro, cada palavra traz sinceridade!

    E isso ai, o importante e ser feliz, e eu estou feliz que vc esteja conosco!!

    Bjs
    Gleysa

  • Cristiane Lima disse...

    Nossa q incrível como vc conseguiu nos descrever, todas nós. Texto lindo, intenso, verdadeiro... é díficil mesmo, ficamos desajustadas, complexadas e culpadas, mas nunca seremos perfeitas. Melhorar a cada dia é a nossa rotina, mesmo qd insistimos em querer ser perfeitas diariamente. Amei o post!!
    bjs
    http://cphilene.wordpress.com

  • Ivna Pinna disse...

    Ju, realmente somos feitos de escolhas. Não dá pra ter tudo ao mesmo tempo. Há quem goste de um estilo de vida, há quem prefira o outro, mas a verdade é que sempre ganhamos e perdemos. Ao mesmo tempo. E priorizar o que se quer ganhar mais que perder, não é um exercício tão fácil quanto parece!

    Nossos encontros estão marcados aqui! E quando der, puder, volta com o bloguictho! =)

    Beijos

  • Juliana Reis disse...

    Olá, preciso agradecer o imenso carinho que tenho recebido das minhas amigas do MR, das visitantes que acabaram de chegar no blog e das amigas que já conheciam o Compromisso de Mãe. Obrigada pelos comentários!!!!!
    Beijo,
    Ju

  • Chris Ferreira disse...

    Oi Juliana, precisamos buscar o equilíbrio sempre entra todos os papéis que representamos e epstamos fazendo escolhas o tempointeiro. É isso, precisamos priorizar o que é mais importante naquele momento. Algumas vezes precisamos parar alguns projetos, dar menos foco em algumas frentes. Isso é a vida da mulher moderna.
    Adorei o seu post.
    Beijos
    Chris
    http://inventandocomamamae.blogspot.com/

  • Anônimo disse...

    É Juliana...realmente não é nada fácil...Compartilho de seu modo de pensar e estou passando por esta fase também. Assumi o compromisso prioritário de ser mãe por algum tempo, mas agora preciso balancear essa história com o trabalho, os cursos que desejo fazer, mudanças na carreira, etc...são tantos projetos! Espero que Deus me ajude e que eu consiga fazer o melhor!! Boa sorte a nós! Bjos!!

Postar um comentário

Quando você comenta, também participa do Mamães em Rede! Comente, participe, pergunte. Obrigada!

 

©Copyright 2012 - Todos os Direitos Reservados - Mamães em Rede | Design By Arte Design